segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Então não é uma bola?

Numa ficha de Matemática do Tiago, havia um exercício onde tinha uma figura de uma mesa e o enunciado era: Desenha uma bola debaixo da mesa.

O Tiago desenhou uma figura oval bicuda nas pontas e cor de laranja escuro.

A professora disse-lhe que estava errado porque o exercício pedia para desenhar uma bola e ele não desenhou uma bola.

Resposta do Tiago: - Mas isso é uma bola, é uma bola de rugby.

Efectivamente não especificava que tipo de bola era para desenhar, e aquilo realmente é uma bola só não é redonda.

9 comentários:

Susana Rodrigues disse...

o miudo tem razão... :S

Sandrina disse...

Há que saber ver com olhos de criança!!! ;)

Mamã disse...

É o que eu digo, nas escolas anda tudo formatado! O rapaz sabe pensar e é logo prejudicado.

mãe de dois disse...

Sandrina: Essa é uma capacidade que nem todos têm.

Susana e mamã: Não quero precipitar-me mas parece-me bem que este rapaz vai ser das artes, ou no mínimo da filosofia.

Mamã disse...

Então? Felizmente nem todos podemos ser médicos ou advogados ;))))

mãe de dois disse...

Felizmente!!:)

Susana Rodrigues disse...

Hehe, mas além das artes e da filosofia, ele que aprenda também a arranjar sapatos porque:
-infelizmente, só do pensamento (quase) ninguém vive e muito menos neste país;
-da maneira que isto está, cada vez mais remendamos a roupa e consertamos os sapatos já que comprar novo... é um luxo, meus caros!

mãe de dois disse...

Não sei se sapatos e roupa é preciso remendar, que isso ainda se compra barato no chinês. Agora começar a pensar em ter uma vaquinha para dar leite, uma horta para dar legumes e umas galinhas para ter ovos e carne...É que por absurdo, são os bens essenciais os mais encarecidos nos últimos anos. Bugigangas de plástico, que não servem para nada, arranjam-se por tuta e meia agora o que interessa e o que faz falta...

Susana Rodrigues disse...

Hehehe,
tens razão!

Bem que a minha avó dizia que rico é quem tem um pedaço de terra para cultivar...