quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Pão-por-Deus


Está tudo doido?
Tanto "anglo-saxonismo"!
E o pão-por-Deus? Esqueceram-se? Isso é que é tradição aqui da malta. E que fixe que é andar a manhã toda pela rua à vontade e ainda por cima nos dão coisas. Essa dos doces industriais também é novidade dos tempos modernos, porque antes reinavam as broas, tremoços, batatas doces, pipocas e outras guloseimas caseiras.

Pois, eu sei, o Pão-por-Deus não dá o negócio que dá o dia das bruxas: não é assim um tema muito apelativo para uma festa nocturna num qualquer bar ou discoteca, não se vendem mascaras para ir ao pão-por-Deus...

Mas já agora só por curiosidade e para que se saiba o que é realmente o Halloween
E o Pão-por-Deus

3 comentários:

santa engrácia disse...

Eu cá gosot de qualquer oportunidade que tenha de vestir uma máscara e sair à rua. :P
Depois posso ir ao pão por Deus também.
Eu, no que toca a festas, vou a todas! :D

Philipa disse...

Então não é que ando a comer um Pão-POR-Deus quase todos os dias!Engraçado saber a origem ... até porque lhe chamava pão-DE-Deus! Será pecado? ;)

Sandrina disse...

Apesar de me ter inciado na minha infância com o halloween... adaptei-me à tradição portuguesa do Pão Por Deus. É esta que eu partilho com os meus meninos pois acho importante preservarmos as nossas raizes. As brôas, as nozes, as castanhas , as romãs, as tangerinas... é a diferença que nos marca relativamente aos estrangeirismos e como tal será sempre esta que quero dar a conhecer aos mais novos :)

Beijitos à familia