quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Quem sai aos seus...

O principal problema do Tiago na escola: fala que se farta, não consegue estar calado.

Fazendo uma retrospectiva de 24 anos:
Principal problema da mãe do Tiago na escola primária: fala que se farta.
A avó do Tiago pede então à professora para pôr a mãe do Tiago sozinha, ao que a professora responde que não valia a pena porque já o tinha tentado e ela continuava a falar: falava sozinha, com as mãos, com os lápis, canetas...
(eu sei, é um bocado esquizofrénico mas é a pura verdade)

Como um amigo diria: a genética é lixada!

6 comentários:

Kika disse...

Ih Ih Ih!
Eu também sei o que é isso, a Pipoca não consegue escrever nas linhas e é desorganizada (isto é, consegue fazer 3 ou 4 coisas ao mesmo tempo...) e eu era exactamente assim...
Bjs

Marta disse...

lolololol

Eu era igual! E as professoras só não me tramavam pq tinha sempre boas notas!

Sandrina disse...

eheheheheh

Tenho saudades do " meu" tagarela" :)

Beijitossss

Sara MM disse...

aiai... já sei como vai ser a clara, sendo assim! :oP

e depois passará do falar aos papelinhos! :oD

Pantera Cor-de-Rosa disse...

Ai que giro!!!
Então não é que comigo era exactamente o mesmo!!!

Os professores queixavam-se que eu conseguia estar na conversa com uma pessoa que estivesses do outro lado da sala!!!

Secalhar é por isso que temos um Blog, porque temos sempre alguma coisa a dizer! mesmo que seja a quem não conhecemos...

Eu até mesmo em casa! A minha mãe diz muitas vezes que à vezes apetecia-lhe desligar-me as pilhas (e se ela tem paciencia).

No que toca a genética, a minha sobrinha mais nova é assim. Seja o que for que ela esteja a fazer tem de estar sempre a falar, ou a cantar, não pode é estar calada...

eheheheh

mãe de dois disse...

Pantera: Descobriste a razão de todo este desvario bloguistico.

Marta: somos duas.

Ao principio a professora dizia que o Tiago por falar muito atrasava-se nos trabalhos (esse nunca foi o meu problema, pelo contrário, por despachar-me rápidamente ficava na conversa). Agora o Tiago está muito melhor: conseguiu desenvolver a capacidade de falar e fazer os trabalhos em simultâneo. Assim já não se atrasa!